(Foto: Reprodução)

Dos meses de janeiro a outubro deste ano, o Corpo de Bombeiros Militar do Ceará (CBMCE) recebeu 1.834 ocorrências com gases, número que supera as ocorrências de 2021, com 1.624 registros. Existem variados tipos de gases, que apresentam materiais diversos em sua composição. Os mais comuns são os naturais, carbônico, nobre, combustível, metano e butano.

Na manhã do último sábado, 19, o Corpo de Bombeiro foi acionado para atender uma ocorrência de vazamento de gás no bairro Edson Queiroz, em Fortaleza. Em primeiro momento, a informação que chegou aos agentes foi de uma ocorrência de incêndio em uma residência.

Ao receberem o chamado, imediatamente os bombeiros foram ao local do ocorrido, onde, segundo informações da 1º tenente Aline Costa de Lima, foi constatado o vazamento de gás de cozinha. Quem tomou as primeiras providências e acionou o Corpo de Bombeiros foi a funcionária do estabelecimento que funciona na residência.

Dois dos gases que estavam no local não possuíam preventivos contra incêndios. Não houve vítimas.

Para evitar que acidentes aconteçam, o CBMCE orienta que depois dos cinco anos de uso, o registro e a mangueira de gás sejam trocados, como também observar o tempo de troca pelo prazo de validade.

 

Fonte: Opovo

PODACAST MAIS SAUDE – A Saúde Mental

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui