A polícia prendeu, nesta quarta-feira (17), dois homens suspeitos de assassinar a tiros um taxista no Bairro Cidade 2000, em Fortaleza. Além da dupla, a polícia capturou outras quatro pessoas suspeitas participarem de outros homicídios no bairro.

No total, foram três homens presos e três adolescentes apreendidos durante a ação. A polícia ainda encontrou maconha, crack e cocaína que estavam com os suspeitos.
A Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) confirmou que dois presos são apontados como autores da morte do taxista Roberto Ribeiro Martins, no último sábado (12).

A vítima foi assassinada a tiros no momento em que lavava o carro no ponto de taxi onde trabalhava, que fica próximo à delegacia do bairro. O homem chegou a ser socorrido por seu irmão, mas não resistiu e morreu.

O taxista era pai da jovem Camile Ribeiro, de 14 anos, que foi morta na quarta-feira (2) junto com o seu namorado, de 22 anos, dentro de casa na Cidade 2000. Segundo a polícia, o namorado de Camile já havia sido preso por homicídio e tráfico de drogas e estava com um mandado de prisão em aberto.

Outros presos

Um terceiro capturado é suspeito de matar um homem na terça-feira (15) no Bairro Papicu. A vítima, segundo a polícia, tinha estuprado uma adolescente. Os demais presos são suspeitos de participação em outras mortes.
Três dos capturados foram encaminhados à Delegacia da Criança e do Adolescente (DCA) e o restante para a Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), onde foram autuados.
Fonte: G1