Mistura de fenômenos climáticos atuando sobre o Ceará pode favorecer a ocorrência de mais chuvas

(Foto: Reprodução)

As volumosas chuvas que caem sobre o Ceará desde o início deste ano de 2022 devem continuar. A análise é do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet). Conforme explica o meteorologista do órgão, Flaviano Fernandes, uma combinação de dois fenômenos tem atuado no Estado, o que “pode favorecer a continuidade das precipitações”.

Normalmente, as chuvas da pré-estação (dezembro e janeiro) são ocasionadas por um sistema chamado Vórtice Ciclônico de Altos Níveis (VCAN). Porém, nos últimos dias, outro fenômeno tem influenciado as precipitações, a Zona de Convergência Intertropical (ZCIT).

Anúncio

“O centro do sistema atmosférico [do VCAN] está no oceano Atlântico e a borda oeste está sobre o continente nordestino provocando as chuvas no Ceará. Com a atuação simultânea da ZCIT, o Estado deverá seguir recebendo mais chuvas”, explicou o especialista.

O Vórtice Ciclônico de Altos Níveis atua nos níveis mais altos da atmosfera. Esse sistema atua de duas formas distintas. No centro da sua atuação, ele faz com que o ar seco desça para a superfície. Já nas bordas – como tem ocorrido no Ceará – ocorre formação de nuvens de chuva. No Ceará, o VCAN tem atuação predominante no período da pré-estação, entre os meses de dezembro e janeiro.

Já a Zona de Convergência Intertropical é o principal sistema indutor de chuvas no período da estação, que se estende entre fevereiro a maio. Ele é um dos mais importantes sistemas meteorológicos atuando nos trópicos. A ZCIT é formada principalmente pela confluência dos ventos alísios do Hemisfério Norte com os ventos alísios do Hemisfério Sul.

ALERTA DE CHUVAS E VENTOS FORTES

A Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme) e Inmet preveem possibilidade de chuvas nos próximos dias. O primeiro órgão aponta “alta possibilidade de chuva em todas as macrorregiões” para esta quarta e quinta-feira, dias 12 e 13. Já o Inmet, emitiu alerta para ‘potencial perigo’ de chuvas e ventos fortes para 130 cidades cearenses.

O aviso meteorológico tem vigência até amanhã (12), mas pode ser renovado. Essa classificação de ‘potencial perigo’ aponta para risco de chuva entre 20 e 30 milímetros por hora ou até 50 mm ao dia, além de ventos intensos com rajadas de até 60 km/h.

Nesta classificação, o risco de corte de energia elétrica, queda de galhos de árvores, alagamentos e de descargas elétricas é baixo.

Cidades inclusas no aviso do Inmet:

Acarape, Acaraú, Alcântaras, Alto Santo, Amontada, Apuiarés, Aquiraz, Aracati, Aracoiaba, Ararendá, Aratuba, Banabuiú, Barreira, Barroquinha, Baturité, Beberibe, Bela Cruz, Boa Viagem, Camocim, Canindé, Capistrano, Caridade, Cariré, Carnaubal, Casvavel, Catunda, Caucaia, Chaval, Choró, Chorozinho, Coreaú, Crateús, Croatá, Eusébio, Forquilha, Fortaleza, Fortim, Frecheirinha, General Sampaio, Graça, Granja, Groaíras, Guaiúba, Guaraciaba do Norte, Guaramiranga, Hidrolândia, Horizonte, Ibaretama, Ibiapina, Ibicuitinga, Icapuí, Independência, Ipaporanga, Ipu, Ipueiras, Irauçuba, Itaiçaba, Itapajé, Itapipoca, Itapiúna, Itarema, Itatira, Jaguaretama, Jaguaribara, Jaguaruana, Limoeiro do Norte, Madalena, Maracanaú, Maranguape, Marco, Martinópole, Massapê, Meruoca, Milhã, Miraíma, Mombaça, Monsenhor Tabosa, Morada Nova, Moraújo, Morrinhos, Mucambo, Mulungu, Nova Russas, Novo Oriente, Ocara, Pacajus, Pacatuba, Pacoti, Pacujá, Palhano, Palmácia, Paracuru, Paraipaba, Paramoti, Pedra Branca, Pentecoste, Pindoretama, Pires Ferreira, Poranga, Quiterianópolis, Quixadá, Quixeramobim, Quixeré, Redenção, Reriutaba, Russas, Santana do Acaraú, Santa Quitéria, São Benedito, São Gonçalo do Amarante, São João do Jaguaribe, São Luís do Curu, Senador Pompeu, Senador Sá, Sobral, Solonópole, Tabuleiro do Norte, Tamboril, Tauá, Tejuçuoca, Tianguá, Trairi, Tururu, Ubajara, Umirim, Uruburetama, Uruoca, Varjota, Viçosa do Ceará

ESTAÇÃO CHUVOSA

A ZCIT, ainda conforme Fernandes, é o principal sistema indutor de chuva no norte do Nordeste no período de fevereiro a maio, caracterizado no Ceará como ‘estação chuvosa’.

Para este quadrimestre, a Funceme ainda não divulgou a previsão das chuvas, contudo, o meteorologista do Inmet, Flaviano Fernandes, antecipa que a tendência é de chuvas dentro ou acima da média.

O mesmo prognóstico foi dado, no último sábado (8), pelos tradicionais sertanejos conhecidos como “Profetas da Chuva”. Eles analisam, há décadas, diversos sinais da natureza e, a partir dessas observações, revelam o prognóstico para a quadra chuvosa no Ceará. Neste ano, segundo eles, “o inverno será bom”. O histórico do grupo é positivo. na última década houve mais acertos que erros.

ÚLTIMAS PRECIPITAÇÕES

Entre as 7 horas de segunda-feira (10) e 7 horas desta terça (11), a Funceme registrou chuva em 102 dos 184 municípios cearenses. Os maiores índices pluviométricos ocorreram em Caririaçu (100 mm), Granjeiro (81 mm), Fortaleza (76,2 mm) Várzea Alegre (70 mm) e Maranguape, com 65 milímetros. Os dados são parciais e podem sofrer atualização ao longo do dia.

Na Capital cearense, a chuva deixou a cidade com vários pontos de alagamento, semáforos sem funcionar e bloqueio em vias. A avenida Heráclito Graça, que historicamente alaga quando há fortes chuvas, foi interditada na altura do cruzamento com a rua Ildefonso Albano, no Centro, por agentes da Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC). A orientação é que os motoristas evitem transitar pela área e optem por trajetos alternativos.

Fonte: Diário do Nordeste

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui