(Foto: Reprodução)

Será apresentado também o Levantamento de Índice Rápido Amostral para Aedes aegypti (LIRAa).

Mais de mil profissionais atuarão em operação contra a dengue em Fortaleza. A Operação Inverno 2022, a ser lançada na próxima segunda-feira, 13, pela Prefeitura de Fortaleza, vai mobilizar 1.100 profissionais da Vigilância Ambiental em ações de prevenção e o controle das doenças transmitidas pelo mosquito Aedes aegypti.

No dia do lançamento, a Prefeitura apresentará os dados 4º Levantamento de Índice Rápido Amostral para Aedes aegypti (LIRAa), que consiste em indicadores que permitem conhecer a distribuição territorial do mosquito.

Sobre o Levantamento de Índice Rápido Amostral para Aedes aegypti (LIRAa)
De acordo com o manual divulgado pelo Ministério da Saúde o LIRAa é importante por gerar informações oportunas para aumentar a eficácia do combate ao vetor Aedes aegypti no trabalho de rotina. Além disso, fornece informações que balizam as atividades de mobilização social e vigilância epidemiológica.

O LIRAa é um estudo que tem a vantagem de apresentar, com grande assertividade e segurança, os índices de infestações larvárias. Uma vez que o levantamento traz dados referentes aos tipos de recipientes onde mais se prolifera o mosquito, isso permite que as campanhas de combate à dengue e as estratégias de controle possam ser redirecionadas ou intensificadas.

Na operacionalização do LIRAa é necessário o cumprimento de etapas e procedimentos para que o levantamento represente uma realidade autêntica

“As ações de planejamento de um levantamento rápido devem anteceder, em pelo menos duas semanas, o trabalho no campo. O levantamento necessitará de um pequeno contingente de servidores de campo. Durante o período em que será realizado o levantamento, deverão ser suspensas as atividades de rotina, exceto as ações de bloqueio de casos de dengue”, diz o manual.

Fonte: O Povo

PODCAST DIÁLOGO MAIS – A violência contra o idoso