(Foto: Divulgação)

No início da tarde desta quarta-feira, 29/06, policiais civis disfarçados prenderam o homem acusado de assassinar uma mulher com 36 facadas na comunidade de Barreira dos Constantinos, na cidade Iguatu.

O suspeito é primo da vítima. Segundo informações da polícia o homem tem algum tipo de distúrbio mental. O local em que o mesmo mora, foi visitado por policiais e trata-se de uma residência totalmente insalubre e com muita sujeira parecendo mais ser uma casa abandonada.

Após a prisão, no centro da cidade, o homem foi levado à Delegacia de Defesa da Mulher, tendo em vista que a delegacia de polícia civil está com o sistema fora do ar.

Francisca Rizelda da Silva, de 61 anos de idade, foi assassinada com requintes de perversidade. Seu corpo foi encontrado por familiares dentro de um matagal próximo à sua residência.

Os moradores da comunidade estão revoltados com o acontecido pois a vítima era uma pessoa muito bem vista e prestativa dentro de sua comunidade.

DIÁLOGO MAIS – O Bullying e sua consequências