O Ceará deve ter chuvas acima da média histórica entre janeiro e março de 2023. Tradicionalmente, a quadra chuvosa no Estado se estende de fevereiro a maio.

De acordo com prognóstico da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme), o interior do Estado deve concentrar a maior parte das precipitações no primeiro trimestre. Já no litoral, o acumulado de chuvas pode ficar em torno da média.

As previsões da Funceme e de estudiosos foram apresentadas em evento da Federação da Agricultura e Pecuária do Ceará (Faec), na manhã desta sexta-feira (16), voltado para produtores agropecuários.

Eduardo Sávio Martins, presidente da fundação cearense, declarou que “o cenário apresenta condições favoráveis, mas as tendências podem mudar”. Ele reforçou ainda que o órgão tem “a missão institucional” de informar os prognósticos para embasar tomadas de decisão pelo setor agrícola.

Em 2022, segundo ele, o acumulado de chuvas “ficou dentro da normalidade”, tendo sido um “ano razoável” em termos de precipitações. “Temos áreas que ficaram abaixo da média e podem ter prejudicado o setor agrícola”, observou Eduardo.

Fonte: Diário do Nordeste

PODCAST MAIS ROCK – Novidades de Sheryl Crow, The Killers, Kasabian, Suede e Slipknot