Em menos de dois dias, a carta em defesa da democracia e do processo eleitoral, divulgada pela Faculdade de Direito da USP, já reúne mais de 300 mil assinaturas, informaram os organizadores.

A “Carta às brasileiras e aos brasileiros em defesa do Estado Democrático de Direito!” e a lista com os nomes foram divulgadas na terça-feira (26) no site da universidade.

Uma versão em inglês da carta deve ser lançada ainda nesta quinta (28), já que os Estados Unidos, depois do Brasil, são o segundo país com o maior número de acessos, seguido por Portugal, Reino Unido e Alemanha.

Ataques hackers

Desde quando foi lançado até a manhã desta quinta-feira (28), o site da carta em defesa da democracia já sofreu 2.340 tentativas de ataques hackers, informou o procurador-geral do Ministério Público de Contas de São Paulo, Thiago Pinheiro Lima, um dos organizadores da iniciativa.

Segundo Pinheiro Lima, as tentativas de ataque já eram esperadas, e mecanismos de segurança que funcionam 24 horas por dia vêm conseguindo impedi-las de acessar o sistema.

Além disso, os organizadores estão conseguindo rastrear as origens dos ataques e providências serão tomadas, contou Pinheiro Lima.

Em nota, a Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo ressaltou que todas as tentativas de ataques hackers “estão sendo monitoradas pela equipe técnica da USP, bem como pela equipe técnica responsável pela coleta de assinaturas”.

“Dessa forma, combatendo essas tentativas de invasão, a Faculdade de Direito da USP seguirá no recolhimento de novas adesões e no caminho da Defesa do Estado Democrático de Direito Sempre”, disse a universidade.

Fonte: G1

DIÁLOGO MAIS – O Bullying e sua consequências