O total de casos confirmados de varíola do macaco no Brasil chegou a cinco nesta quarta-feira (15), menos de uma semana após o primeiro diagnóstico positivo.

As duas notificações mais recentes ocorreram hoje, uma em São Paulo e a outra no Rio de Janeiro.

Em São Paulo, o primeiro caso é de um homem de 41 anos que havia retornado recentemente de viagem a Portugal e Espanha, dois países que vivem um surto da doença.

Também esteve nos mesmos destinos um jovem de 26 anos morador de Vinhedo, no interior paulista, que foi o segundo caso no estado, em 11 de junho. O paciente permanece isolado em casa.

O Rio Grande do Sul informou também que um homem de 51 anos que esteve recentemente em Portugal teve resultado positivo para a doença.

No Rio de Janeiro, um cidadão brasileiro de 38 anos que mora em Londres chegou à capital no dia 11 de junho com sintomas de varíola do macaco e procurou atendimento médico no INI/Fiocruz (Instituto Nacional de Infectologia Evandro Chagas) no dia seguinte. O resultado positivo foi informado hoje.

O terceiro infectado em São Paulo é um homem de 31 anos, morador da capital, que também possui histórico de viagem recente à Europa. Ele está internado em isolamento no Instituto de Infectologia Emílio Ribas, assim como o primeiro paciente.

Todos têm quadro de saúde bom, segundo as secretarias de saúde. O período de isolamento é de aproximadamente três semanas ou após a queda de todas as cascas de feridas na pele.

Fonte: R7

DIÁLOGO MAIS – O Bullying e sua consequências