O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, anunciou nesta quinta-feira (6) que irá conceder perdão aos condenados em nível federal por porte de maconha. Em um aceno à flexibilização do rígido controle da droga, Biden afirmou que está tomando medidas para encerrar o que chamou de “abordagem fracassada”.

“Existem milhares de pessoas que foram anteriormente condenadas por posse simples e que emprego, moradia ou oportunidades educacionais podem ter sido negados a elas como resultado. Meu perdão removerá este fardo”, afirmou o presidente no Twitter.

Além do nível federal, Biden solicitou aos governadores que perdoem delitos estaduais simples por porte da planta. “Assim como ninguém deveria estar em uma prisão federal apenas por portar maconha, ninguém deveria estar em uma prisão local ou estadual por esse motivo também”, disse o democrata.

Biden criticou a forma como a maconha é colocada no mesmo patamar que drogas como fentanil e heroína, afirmando que isso “não faz sentido”. Ele observou também “claras disparidades raciais” em torno da dinâmica de acusações e condenações envolvendo a maconha. “Hoje, começamos a corrigir esses erros.”

Dos 50 estados americanos, 18 permitem o uso medicinal da maconha. Outros 20 estados permitem o uso recreativo, além do uso medicinal. No total, 38 estados do país possuem alguma regulamentação para diferentes tipos de uso da planta.

Fonte: CNN Brasil

https://open.spotify.com/episode/7rW2v11GkqFdCWLu9UiRzF