Foto: Divulgação
A população que ocupa a baixa renda do país hoje lidera a demanda de contratação dos cartões de créditos.

De acordo com os dados da Serasa Experian, divulgados nesta quarta-feira (4), pessoas com idade entre 20 e 30 anos somam o total de 26% da pesquisa.

Geralmente são pessoas com empregos sem muitas exigências na qualificação e até mesmo trabalhos informais. A pesquisa considera de baixa renda os consumidores que recebem até um salário mínimo (R$ 678).

Nos últimos anos os maiores entusiastas dos cartões foram adultos com média de trinta anos e renda mensal média de R$ 1.428,78. O grupo, que representava 12% do total de consumidores brasileiros de cartões de créditos no ano passado, agora equivale a 16%.

Os números revelaram ainda um crescimento de adesões e participações da classe E, cuja representatividade passou de 6,2%, em 2009, para 16,8% em 2013, num processo crescente a cada ano.

O levantamento usou informações de 1 milhão de CPFs e fez comparativos entre os primeiros trimestres de 2009 a 2013.
Fonte: Marcela de Freitas/Ceará Agora