Visando seleção de gestores de escolas, Iguatu assina convênio com URCA

Foi firmado na quinta-feira, 18, o convênio entre a Universidade Regional do Cariri (URCA), através da Fundação para o Desenvolvimento Tecnológico do Cariri (Fundetec) com a Prefeitura Municipal de Iguatu, por meio da Secretaria de Educação, Cultura e Ensino Superior (SECES) para a realização de processo seletivo para composição do banco de gestores escolares da rede municipal.

No final de outubro a Câmara Municipal de Iguatu (CMI) aprovou uma série de três projetos de autoria do Poder Executivo que autoriza a contratação temporária de profissionais, através de Processo Seletivo Simplificado, destinado ao atendimento emergencial de necessidade temporária e de excepcional interesse público, na Rede Municipal de Ensino.

Anúncios

88 vagas de diretores e coordenadores pedagógicos serão preenchidas através de Processo Seletivo Simplificado, considerando titulação, comprovação de residência em Iguatu, experiência, currículo, com critério de pontuação, prazos a serem estabelecidos em edital a ser publicado no Diário Oficial, pela Secretaria Municipal de Educação (SME) e pela Secretaria Municipal de Administração.

Convênio

A assinatura do convênio no valor de R$ 59 mil ocorreu no Gabinete da Reitoria, com a presença do reitor da URCA, Francisco do Ó de Lima Júnior, do vice-reitor Carlos Kleber de Oliveira, do prefeito de Iguatu, Ednaldo Lavor (PSD), da secretária de Educação, Marluce Torquato Lima, além da representante legal da Fundetec, a presidente da fundação, Jeanne Sidrim de Figueiredo, com a participação dos professores José Ivo, coordenador das unidades descentralizadas da URCA, e a diretora do campus de Iguatu, Natália Bastos.

Na ocasião, o prefeito de Iguatu destacou as condições de realização do processo de seleção por parte da URCA, com toda a capacidade técnica e com pessoas qualificadas, além da credibilidade do processo. “É uma universidade de respaldo e de credibilidade para todas as pessoas”, disse.

Para o reitor, essa ação por parte da administração municipal visa atuar de forma republicana, por meio da isenção no processo de seleção de profissionais capacitados para a educação do município de Iguatu.  Ele ainda ressaltou o trabalho de reestruturação da Fundetec, dentro de um conceito de competência técnica.

Artigo anteriorEm 10 dias, casos ativos de Covid-19 em Iguatu aumentam cinco vezes
Próximo artigoCâmara de Iguatu aprova projeto que garante a meia-entrada para professores em estabelecimentos culturais e de lazer

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui