Nesta sexta-feira (17), o Tribunal Penal Internacional (TPI) emitiu mandatos de prisão contra o presidente russo, Vladimir Putin e Maria Lvova-Belova.

Os mandados foram anunciados pelo organismo internacional sediado na cidade de Haia, na Holanda, em um comunicado à imprensa nesta sexta-feira (17).

No comunicado, o TPI pontua que Putin e Lvova-Belova são “supostamente responsáveis” pelos crimes de guerra, de deportação ilegal de população (crianças) e transferência ilegal de população (crianças) da Ucrânia para a Rússia.