Um homem de 23 anos suspeito de tráfico de drogas na região do Bairro Vicente Pinzón, em Fortaleza, foi preso na sexta-feira (15) em operação da Divisão de Combate ao Tráfico de Drogas (DCTD). Segundo a polícia, ele usava um apartamento no Bairro Papicu para armazenar e separar a droga, e foi preso quando chegava ao imóvel. A prisão foi divulgada nesta terça (19).

O suspeito confessou à polícia que foi convidado a trabalhar no tráfico há cerca de seis meses, quando ficou desempregado.

As investigações que levaram ao rapaz de 23 anos iniciaram há duas semanas. No imóvel onde foi preso, a polícia apreendeu 1,3 kg de cocaína e crack, munição e um colete à prova de balas.

“Ele reside numa área de forte atuação do tráfico de drogas. Disse que estava desempregado e que há seis meses foi convidado para realizar esse trabalho. E, por estar desempregado e ter um filho de sete anos de idade, acabou ingressando no mundo do crime”, disse o titular da 3ª delegacia da DCTD, delegado Gregório Neto.

O delegado confirmou que o suspeito não tinha antecedentes criminais por tráfico de drogas, e possuía uma passagem na polícia por crime ambiental.

O delegado ressalta que as investigações apontam envolvimento de outras pessoas com o trabalho criminoso organizado pelo suspeito preso, e também a possibilidade de outros crimes, como assaltos e homicídios.

“Lá no interior do imóvel foi apreendida essa expressiva quantidade de drogas já embaladas, pronta pra revenda. O que demonstra a expressividade desse indivíduo e dos comparsas. Temos também munição, colete. Possivelmente, também esses indivíduos estão envolvidos com assaltos ali naquela região. Então são fatos que merecem melhor aprofundamento e que a gente vai tentar identificar os demais envolvidos com o avançar das investigações”, frisou Gregório.

O colete encontrado no apartamento possui emblema de uma empresa de segurança. A polícia já entrou em contato com representantes da empresa e, caso seja confirmado que o equipamento é legítimo, o suspeito também pode responder por receptação.

Ele foi autuado por tráfico de drogas, associação para o tráfico e posse de munição.

Fonte: G1 CE

PODCAST DIÁLOGO MAIS – A violência contra o idoso