Representares da APAE estiveram na sessão (Foto: Thiedo Henrique/Mais FM)
PodMais
PodMais
Sessão da Câmara é marcada por participação da APAE, debates sobre saúde e construções de equipamentos públicos
/

Com uma plateia não muito numerosa a sexta sessão ordinária do segundo período do ano de 2015, teve início nesta última terça-feira, 25, com a ausência somente de dois parlamentares. Antes que começasse o pequeno expediente os representantes da associação de pais e amigos dos excepcionais (APAE) que comemora a semana nacional da pessoa com deficiência intelectual e múltipla, foram convidados a participarem do momento.

A diretora da entidade, Ieda Couras destacou a programação promovida pela entidade que teve início na última sexta-feira e as ações de estreitamento de parcerias existentes há mais de 16 anos. O momento foi finalizado com a fala de alguns vereadores, que se comprometeram a desenvolver e ser mais ativos aos projetos e movimentos apaeanos.

No pequeno expediente a maioria dos vereadores abdicaram do tempo um dos poucos a falar, foi os vereador Bandeira Jr que encaminhou o ofício verbal ao governo do estado, buscando explicações sobre a construção do auditório da EMATERCE que teve o teto desabado na última semana Marconi Filho também solicitou explicações ou respostas do centro de centro de zoonoses de Iguatu sobre o sacrifício de animais e solicitou da mesa a votação de seu projeto para a próxima semana que visa a castração de animais de forma gratuita.

Já no grande expediente a maioria dos vereadores da bancada de situação do governo não fizeram o uso do direito da fala, Louro da Barra um dos poucos a se pronunciarem, além de se posicionar contra a entidade que gere o Hospital Regional de Iguatu, o vereador acusou o grupo de oposição de organização criminosa. Fato esse que provou revolta por parte dos outros membros.

Na pauta do dia devido à saída dos vereadores do plenário no decorrer da sessão foram somente votados somente os requerimento. Os projetos não entraram na ordem do dia, devido a falta de quórum. Na quinta-feira próxima advogados OAB subseção Iguatu irão debater na casa o funcionamento e condições da Delegacia Regional da Cidade. Já para a próxima semana a resolução 04/15 que trata da verba de redistribuição dos gabinetes será votada. Os parlamentares que compõe a mesa diretora propõe dentre outros detalhes a diminuição do número de assessores de 5 para 2, caso aprovada a lei a mesma será vigorada somente no ano de 2017.

Confira o resumo da Câmara no player abaixo