O ministro da Defesa ucraniano, Oleksii Reznikov, declarou, durante o fórum Globsec-2022, em Bratislava, na Eslováquia, ser difícil prever quando a guerra com a Rússia acabará, mas que de maneira otimista, observa o término até o final do ano.

Ele disse que as forças de defesa ucranianas ainda “precisam de armas pesadas, principalmente MLRS, bem como outra artilharia, tanques, sistemas antinavio, sistemas não tripulados, mísseis e defesas aéreas”.

“Precisamos deles rapidamente e em quantidades proporcionais à escala das ameaças. A Ucrânia se viu em estado de guerra sem o apoio adequado do mundo democrático”, afirmou Reznikov.

“A situação está mudando agora, mas lentamente. Agradecemos a contribuição de cada país que está atualmente com a Ucrânia, que se comprometeu a aumentar a eficácia do apoio internacional”, continuou.

Ele acrescentou: “a Ucrânia mudou sua filosofia no fornecimento de armas. Se no primeiro mês da guerra nos concentramos em obter sistemas portáteis antitanques e antiaéreos, agora a natureza da guerra mudou e precisamos de mais armas.”

“Na região de Kherson, o exército russo está construindo uma defesa profundamente escalonada. Nosso objetivo é impedir que os cenários russos sejam realizados e libertar nossos territórios o mais rápido possível”, finalizou.

Fonte: CNN Brasil