(Foto: Reprodução)

O líder chinês Xi Jinping disse ao presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, nesta quinta-feira (28), que os Estados Unidos devem respeitar o princípio de uma “China única” em relação a Taiwan e garantir que suas ações sejam consistentes com suas palavras, segundo a mídia estatal chinesa relatou.

“Aqueles que brincam com fogo só vão se queimar”, disse o presidente chinês a Biden durante um telefonema. “Espero que o lado dos EUA possa ver isso claramente”, acrescentou.

A China se opõe firmemente à independência de Taiwan e à interferência de forças externas, disse Xi.

Encontro em meio a tensões

A conversa do presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, com o presidente chinês, Xi Jinping, foi informada à CNN por um funcionário da Casa Branca, à medida que as tensões entre os dois países aumentam em meio a relatos de que a presidente da Câmara americana, Nancy Pelosi, está considerando uma visita a Taiwan.

A esperada ligação entre os dois ocorre quando as autoridades de segurança nacional dos EUA estão trabalhando discretamente para convencer Pelosi dos riscos que sua possível viagem pode representar durante um momento altamente sensível entre a ilha e a China.

Fontes familiarizadas com os planos da líder da Câmara dizem que ela planeja visitar Taiwan nas próximas semanas como parte de uma viagem mais ampla à Ásia e convidou democratas e republicanos para acompanhá-la. Se Pelosi for, será a primeira oradora da Câmara a visitar a ilha em mais de 25 anos.

Fonte: CNN Brasil

PODCAST MAIS SAÚDE – Edição de 19 de março, com Paulinho Neto