Acordar antes do nascer do sol não é uma coisa que a maioria das pessoas faz voluntariamente. No entanto, para muitos indivíduos trata-se de algo inevitável.

A má notícia é que acordar antes do sol pode ser prejudicial para a nossa saúde, já que cientistas de Melbourne, Austrália, descobriram que este hábito pode causar o que foi chamado de ‘social jet lag’.

Trata-se de um conjunto de efeitos negativos que ocorre quando somos forçados a levantar em vez de acordarmos naturalmente.

Quando o sol nasce a melatonina de nossos corpos (que favorece o sono) é naturalmente suprimida. Simultaneamente, os níveis internos de cortisol (que nos fornecem energia) começam a aumentar.

[Foto: Pexels]
[Foto: Pexels]

No entanto, quando alguém é forçado a se levantar de maneira artificial – com a ajuda de um despertador antes do sol nascer – estes hormônios sofrem um desajuste.

Infelizmente, este desequilíbrio hormonal pode causar problemas como doenças cardíacas, diabetes, derrames e depressão.

A notícia levanta a questão: se acordar no escuro faz tão mal às pessoas, será que os horários de trabalho não deveriam se ajustar para que ninguém precisasse fazer isso?

Considerando também que muitos sofrem de Transtorno Afetivo Sazonal (TAS) e se sentem letárgicos ou até depressivos durante os meses de inverno em países onde os dias são curtos, este parece ser um tema que merece mais atenção.

Por hora, infelizmente o horário do despertador está fora do nosso controle, mas há algumas outras coisas que podemos fazer para mitigar os riscos, como tomar um bom café da manhã, cortar a cafeína no final do dia, e usar despertadores que simulam o nascer do sol para nos forçar a sair da cama de uma forma um pouco mais natural.

Fonte: YAHOO