O Programa de Castração de Iguatu conta com dois médicos veterinários, equipe técnica, além de um carro de apoio que ajuda na locomoção da equipe e transporte dos animais.

Nesta última semana Mário Rodrigues, secretário do Meio Ambiente e Proteção Animal de Iguatu, deu detalhes do programa de castração na cidade. A pasta oferta consultas entre outros serviços e atendimentos gratuitos à população. Em menos de um ano, mais de 2.200 animais foram esterilizados no município, conforme dados da pasta.

A política faz parte do controle populacional dos animais. Em Iguatu, por meio de trabalho iniciado em 2021 com a criação da pasta de Proteção Animal, dentro da Secretaria do Meio Ambiente, foi implantado o Programa Permanente de Castração Animal.

Nos últimos anos aumentou a presença de animais soltos nas ruas e praças no centro e bairros de Iguatu. Situação preocupante alertada por moradores, integrantes de ONGs e protetores, isso porque se trata de questão de saúde pública que afeta diretamente a vida desses animais que estão expostos.

Não se sabe a quantidade de animais que vivem em situação de abandono nas ruas da cidade. Mas no período da Semana do Meio Ambiente de 01 a 04 de junho, o município planeja criar uma campanha de adoção responsável.

 

 

PODCAST MAIS JUSTIÇA – I SIMPÓSIO DO DIREITO HOMOAFETIVO DO CENTRO SUL CEARENSE