Após um atraso de seis dias, as parcelas do seguro-desemprego com valores reajustados ficaram disponíveis para saque nesta terça-feira (17). O trabalhador poderá retirar o beneficio até dia 21 de janeiro.

A maior parcela paga ao trabalhador subiu de mil 542 reais e 24 centavos para mil 643 reais e 72 centavos. Já a menor parcela não pode ser inferior a 937 reais.

O ministério do Trabalho definiu que os benefícios vão ser liberados pelas agências da Caixa Econômica Federal, de acordo com o número final do PIS do beneficiário. Quem tiver o número do PIS terminando em 1 e 2 pode fazer o saque a partir desta terça-feira (17). Aqueles trabalhadores que tiverem o documento com final três e quatro, a partir do dia 18 de janeiro. Trabalhadores com PIS com final cinco e seis, no dia 19 de janeiro. Sete e oito, no dia 20 de janeiro. E aqueles com PIS terminando em nove ou 0, no dia 21 de janeiro. Para saber a data do seu pagamento, acesse: trabalho.gov.br