Após a saída de Tite, a seleção brasileira segue sem um treinador definido para 2023 e, segundo o jornal francês L’Equipe, Zinedine Zidane é um nome que agrada à CBF e pode ser um dos candidatos à vaga. O ex-jogador está sem clube desde que deixou o Real Madrid em 2021.

Segundo o jornal francês, o treinador possui os requisitos necessários para poder assumir o comando da Seleção e, por isso, o nome agrada. A contratação do ex-jogador, porém, depende de como irá se desenrolar a possibilidade de Didier Deschamps deixar a seleção francesa, já que Zidane está cotado para assumir a equipe finalista nas últimas duas Copas do Mundo.

Zidane tem passagem como treinador por apenas um clube, o Real Madrid. Nos quatro anos que treinou a equipe espanhola, divididos em duas passagens, o francês foi campeão da Liga dos Campeões três vezes seguidas. O ex-jogador também venceu dois Campeonatos Espanhóis, dois Mundiais de clubes, duas Supercopas Europeias e duas Supercopas Espanholas.

Como jogador, o ex-meia é um grande conhecido da seleção brasileira. Zidane foi o vilão do Brasil na final da Copa do Mundo de 1998, quando o então camisa 10 da França marcou duas vezes na vitória por 3 a 0 de sua equipe. Em 2006, no Mundial disputado na Alemanha, brilhou contra a Amarelinha nas quartas de final e eliminou os brasileiros.

Fonte: O Povo