(Foto: Divulgação)

Os nove feriados nacionais e três pontos facultativos que vão acontecer este ano podem prejudicar a indústria brasileira. É o que mostra uma pesquisa realizada pela Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan). De acordo com o levantamento, a indústria pode perder 66,8 bilhões de reais, o que representa 4,4 por cento do Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil.

Para realizar a projeção, a Federação de Indústrias do Estado do Rio de Janeiro não levou em consideração a Quarta-feira de Cinzas, por ser ponto facultativo até as 14 horas, e nem o Dia do Servidor Público.

Dos 12 dias não trabalhados no país, apenas um será em um fim de semana. Dos outros 11, cinco caem na terça ou quinta-feira. Por isso, as pessoas provavelmente vão “emendar” o dia seguinte. De acordo com a pesquisa, apesar de não serem contabilizados, esses dias “emendados” aos feriados desestimulam a atividade produtiva e, por isso, resultam em perda de produtividade.

Ainda segundo a Federação, os prejuízos não se restringem às empresas. As paralisações na atividade industrial também provocam uma queda de arrecadação tributária para o governo. A estimativa é que esta perda possa chegar a 27,6 bilhões de reais no ano de 2017, o que equivale a 2,5 bilhões de reais perdidos a cada feriado nacional.