A Polícia Federal de Juazeiro do Norte prendeu ontem (24), no município pernambucano do Cedro, um homem acusado de submeter trabalhadores a condição análoga de escravo.

A PF cumpriu mandado de prisão preventivo expedido pela 2ª vara da Justiça Federal do Maranhão. O homem é alvo de operação desencadeado pela PF do Maranhão denominada Operação Status Libertatis, ele é acusado de recrutar trabalhadores, mediante fraude, em Juazeiro do Norte-CE com a promessa de bons rendimentos de trabalho com a venda de panelas.

Após a prisão, o preso foi encaminhado à delegacia de polícia federal em Juazeiro do Norte e em seguida encaminhado à cadeia pública de Juazeiro do Norte.

De acordo com a PF, 13 trabalhadores eram submetidos à condição análoga à de escravos, sujeitando-os a condições degradantes de trabalho e restringindo, por meio de intimidações, o retorno deles para o estado/município de origem, em razão de dívidas contraídas.

Fonte: CNews