Conselho deve enviar a notificação nesta quinta ao deputado, que terá cinco sessões legislativas para apresentar a defesa previa. Após o prazo, presidente do Conselho poderá convocar reunião.

O Conselho de Ética da Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp) recebeu, até as 21h30 de quarta-feira (14), oito representações contra o deputado estadual bolsonarista Douglas Garcia (Republicanos), por conta das ofensas à jornalista Vera Magalhães no final do debate da TV Cultura, da Folha e do UOL entre candidatos ao governo do estado de São Paulo.

Todas pedem a cassação do deputado.

O Conselho deve enviar notificação nesta quinta o deputado, que terá cinco sessões legislativas para ele apresentar a defesa previa. Após o prazo, a presidente do Conselho, Maria Lucia Amary, poderá convocar reunião.

Vera, que é colunista do jornal O Globo, comentarista da rádio CBN e apresentadora do programa Roda Viva, da TV Cultura,

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui