(Foto: Reprodução)

Na quarta-feira (22), moradores de cidades litorâneas do Pará foram surpreendidos com um forte clarão cortando o céu e deixando um grande rastro de fumaça.

Enquanto muitas pessoas pensavam se tratar de um meteoro ou até mesmo de um míssil, pesquisadores da Rede Brasileira de Observação de Meteoros (Bramon) informaram que, na verdade, o rastro luminoso está relacionado ao lançamento de um foguete Ariane 5, da Arianespace, que aconteceu às 18h50 (pelo horário de Brasília), no espaçoporto europeu de Kouru, na Guiana Francesa.

Na ocasião, o veículo carregava dois satélites para implantar na órbita baixa da Terra. Um deles, chamado MEASAT-3d, será operado pela empresa MEASAT, da Malásia. O outro, que pertence à estatal NewSpace India Limited, é denominado GSAT-24 e será gerenciado pela Organização Indiana de Pesquisa Espacial (ISRO). Os equipamentos serão utilizados para serviços de telecomunicações e transmissão de canais de TV por satélite.

Alguns registros do fenômeno foram compartilhados nas redes sociais. Abaixo, um vídeo feito na Ilha do Mosqueiro, de autoria desconhecida, compartilhado pelo jornalista Mauro Bonna, do Diário do Pará.

Fonte: Olhar Digital