A Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece) terá a oportunidade de participar de mais uma importante iniciativa sustentável do estado: o Hub do Hidrogênio Verde, que está sendo desenvolvido no Complexo Industrial Portuário do Pecém. A companhia atuará fornecendo um dos principais insumos para o Hub, a água, porém esta será preferencialmente proveniente do reúso dos efluentes sanitários da Região Metropolitana de Fortaleza.

A estimativa é que a Cagece possa ofertar a demanda hídrica do Hub de Hidrogênio Verde a partir dos esgotos tratados do seu sistema de esgotamento sanitário de Fortaleza, Caucaia e Maracanaú.

O Hidrogênio é uma fonte de combustível com maior capacidade que a gasolina. Por exemplo, 1 kg de Hidrogênio possui a mesma quantidade de energia que 2,8 kg de gasolina. De acordo com Ronner Gondim, superintendente de sustentabilidade da Cagece, o Hidrogênio Verde (H2V) tem potencial de ser uma importante fonte de energia limpa do futuro, contribuindo para a redução dos efeitos do aquecimento global. “O Hidrogênio Verde pode ser utilizado como fonte energética para equipamentos, veículos ou até mesmo fábricas ou cidades, dependendo da escala de produção”, afirma Ronner.

O previsto é que o processo predominante no Ceará ocorra por meio da eletrólise da água. Nesse método, são necessários 9 litros de água pura para obter 1 kg de H2V. A água de reúso da Cagece surge como a melhor opção, pois é resultado do tratamento de efluentes de esgoto, que gera água limpa, apta para a utilização industrial.

Esta água, que seria descartada, pode ser utilizada na eletrólise, a fim de evitar o desperdício de água dos mananciais do estado. A solução da Cagece com a água de reúso é rápida, barata, eficiente e ambientalmente correta.

Fonte: Governo do Ceará

PODCAST MAIS SAÚDE – Edição de 19 de março, com Paulinho Neto