O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) formou rede nacional de televisão na noite desta terça-feira para um pronunciamento de quatro minutos, em que defendeu as medidas de combate à pandemia da covid-19 que seu governo, supostamente, tem encampado.

Bolsonaro afirmou, sem fornecer qualquer detalhe ou datas, que o país, em breve, irá produzir insumo ativo de vacinas contra o novo coronavírus, o que irá acelerar a imunização da população brasileira e reduzir a dependência de vacinas importadas.

Para além do que disse o presidente, o que se viu e ouviu nas principais cidades brasileiras ao longo de todo o pronunciamento foi um “panelaço” em protesto a Jair Bolsonaro, acompanhado de gritos como “genocida”, “assassino” e “Fora, Bolsonaro!”.

Fonte: Brasil de Fato