Avião elétrico da Rolls Royce bate recorde de velocidade apenas dois meses após seu primeiro voo

(Foto: Reprodução)

Há cerca de dois meses, a Rolls Royce anunciou o primeiro voo de seu avião totalmente elétrico, dando um passo crucial em direção ao recorde mundial de velocidade na categoria. Agora, a empresa afirma que o Spirit of Innovation (Espírito de Inovação) é efetivamente a aeronave elétrica mais rápida do mundo, estabelecendo novas melhores marcas mundiais.

(Foto: Reprodução)

Nos voos realizados na semana passada (16 de novembro) em uma área de testes no Reino Unido, o avião elétrico da Rolls Royce, segundo os registros da empresa, atingiu uma velocidade máxima de 623,45 km/h. Assim, superou o Extra 330LE (comandado pelo piloto e designer alemão Walter Extra e movido por um motor Siemens), que registrou a marca de 342,86 km/h em 2017.

Anúncios

O Spirit of Innovation também marcou 555,9 km/h ao longo de três quilômetros. Com isso, quebrou o recorde existente de 213,04 km/h, alcançado anteriormente pelo mesmo Extra 330LE. Para registro: a Rolls-Royce adquiriu o negócio de propulsão aeroespacial elétrica e híbrida-elétrica da Siemens (responsável pelo Extra 330LE) em 2019.

Além disso, o avião elétrico da empresa britânica chegou a 532,1 km/h em 15 quilômetros, sendo 292,8 km/h mais rápido que o recorde anterior. O avião elétrico da Rolls Royce também superou o recorde de tempo mais rápido na categoria para subir a 3 mil metros, fazendo esse tipo de trajeto em 202 segundos.

(Foto: Reprodução)

Recordes estão sendo analisados
Os dados foram registrados pela própria empresa e foram encaminhados para a Fédération Aéronautique Internationale (FAI) – a Federação Mundial de Esportes Aéreos, que controla e certifica os registros aeronáuticos e astronáuticos mundiais.

Confira o vídeo do elétrico Spirit of Innovation voando alto e rápido pelo céu do Reino Unido, pilotado por Phill O’Dell, piloto de testes e Diretor de Operações de Voo da Rolls Royce.

O avião elétrico da Rolls Royce é dotado de uma bateria de mais de 6 mil células (considerada pela empresa como a maior densidade de energia já montada para uma aeronave). Ela move um motor de 750 volts que produz 400 kW (mais de 500 cv) de potência. O objetivo principal por trás do Spirit of Innovation é produzir aviões e motores com emissão zero para outras fabricantes até 2050.

Fonte: Olhar Digital

Artigo anteriorReflexos da pandemia: diagnósticos e cirurgias de câncer de próstata têm queda
Próximo artigoIndicadores Econômicos para 23/11/2021

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui