Foto: Divulgação
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

A Philip Morris, uma das maiores fabricantes de cigarros do mundo, acaba de patentear um cigarro eletrônico que pode ajudar fumantes a parar de fumar.

 

De acordo com o The Register, o dispositivo seria bem parecido com os cigarros eletrônicos disponíveis no mercado atualmente, com a novidade de que ele contaria com um sensor de detecção de sopro e uma conexão USB que vai além de carregar a bateria.

Sendo assim, ao conectar o e-cigarro em um computador, uma série de informações poderiam ser descarregadas, como os hábitos de fumo, permitindo comparar dados e observar melhorias. Além disso, o FireWire aparece na patente como outra opção de conexão, desta vez sem fios.

Outra sugestão descrita no documento é um “pay-per-puff”, isto é, um pagamento por sopro no cigarro eletrônico. Conectado a um serviço na internet, o e-cigarro poderia oferecer sessões de fumo diárias ou semanais por meio de créditos. 

Por fim, a Philip Morris ainda prevê uma parceria com sites de apoio antitabagismo e um aplicativo que aconselhe os melhores materiais para consumo.

Fonte: OLHAR DIGITAL