Por volta das 11h20 da terça-feira, 10, a Polícia Militar de Acopiara, efetuou uma prisão de um estelionatário em posse de cédulas falsas do real. O caso chegou a polícia após denúncias de que um homem tentava repassar notas falsas no comércio local.

A composição fez deslocamento ao centro da cidade e conseguiu identificar e localizar o acusado. Ele não teve sua identificação divulgada. A polícia apurou que o suspeito adquiriu as cédulas na internet e que as recebeu via Correios.

Com ele foi apreendido oito cédulas falsas de cem reais, uma cinquenta reais e outra de vinte reais.

O acusado recebeu voz de prisão e foi conduzido a Delegacia de Polícia Civil de Acopiara onde foi autuado em flagrante.

Polícia faz condução por porte ilegal de arma de fogo em Lavras da Mangabeira

A polícia chegou ao caso ocorrido no Sítio Catolé, Zona Rural de Lavras da Mangabeira, na terça-feira, 11, quando dois vizinhos teriam se desentendido e trocado ameaças;

Na casa de um dos envolvidos a polícia encontrou uma espingarda artesanal, tipo socadeira. Na casa do outro a polícia localizou uma “coronha”, uma espingarda artesanal, tipo socadeira.

Nenhum dos envolvidos relatou o porquê da rixa. Os autores, com o material apreendido, foram apresentados na Delegacia Municipal de Policiai Civil, em Lavras da Mangabeira.

Operador de trator perder controle do veículo e morre em Acopiara

Uma pessoa morreu enquanto operacionalizava um trator. O acidente de trabalho ocorreu na cidade de Acopiara no estacionamento de um posto de combustíveis as margens da CE-060 no Bairro São Francisco por volta das 16h20 da terça-feira, 11.

Conforme a polícia a vítima de identidade não divulgada, estava estacionando um Trator com reboque, em que trabalhava, momento em que perdeu o controle do veículo e derrubou uma mureta de contenção que dividia o estacionamento do posto de um barranco, vindo a desabar.

A vítima ainda saltou da cabine, mas foi atingida pelo reboque do trator. A perícia forense do IML de Iguatu foi acionado assim como a Polícia Civil.

Fonte: Delegacia Regional de Polícia Civil