(Foto:Divulgação)
O Ministério da Defesa do Japão informou hoje (9) que foram implantados mísseis de superfície em Tóquio, capital do país, como medida de prevenção a eventuais ataques da Coreia do Norte.

A ação faz parte do plano de defesa japonês preparado pelas Forças Armadas. Porém, os detalhes são mantidos em sigilo.

Os mísseis preparados são denominados interceptadores e chamados de Patriot Advanced Capability-3 (PAC3). Os dois mísseis estão em uma área de exercícios direcionada para a região da Península Coreana. A ordem do governo do Japão é abater qualquer míssil que ameace o país.

Há informações que foram preparados também mísseis do tipo PAC em outras regiões do Japão. O esquema de defesa envolve ainda navios equipados com sistema avançado de radar e interceptadores para rastrear e abater mísseis.

A tensão na Península Coreana se agravou nos últimos dias com a ameaça do governo da Coreia do Norte de promover testes nucleares em direção à Coreia do Sul e aos Estados Unidos. As ameaças foram respondidas pelos sul-coreanos, norte-americanos e japoneses com ações – todos colocaram seus arsenais bélicos em alerta. O clima gerou sanções da comunidade internacional e advertências, mas nem por isso o temor diminuiu.

 

Fonte: Agência Brasil