Diante da disputa interna no PDT pela indicação do nome a ser lançado para a disputa pelo Governo do Ceará, o ex-governador Camilo Santana (PT) foi às redes sociais, neste sábado (14), em demonstração de apoio à governadora Izolda Cela (PDT). O petista ressaltou que Izolda “ajudou a construir nosso Governo” e disse que ela é “merecidamente nossa governadora”.

A manifestação de Camilo vem a público em meio às repercussões de uma entrevista concedida pelo presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, ao jornal O Globo.

Ele criticou o veto do PT cearense ao nome do ex-prefeito de Fortaleza Roberto Cláudio como possível candidato governista e afirmou que considera “pouco provável” que Izolda tenha tempo hábil para “se tornar favorita” até o início da campanha eleitoral.

“A minha amiga Izolda, que é uma mulher muito preparada, não é muito conhecida. Será que ela consegue em três meses ter esse conhecimento antes da convenção para se tornar favorita? Não sei. Acho pouco provável”, declarou Lupi.

O ex-governador, nas redes sociais, foi na contramão da declaração do dirigente pedetista. “Muitas pessoas têm falado do grande trabalho que Izolda tem feito como governadora. Firme e competente. Tinha certeza que seria assim”, escreveu.

 

“Izolda ajudou a construir nosso Governo. Enfrentou todas as crises comigo. Teve papel determinante nos avanços. É merecidamente nossa governadora”, completou Camilo Santana.

 

DISCRIÇÃO DE IZOLDA

A governadora tem evitado falar publicamente sobre eleições. O argumento é de que o momento é de dedicação à administração estadual.

Na última semana, quando a crise entre PT e PDT ganhou novos contornos após críticas de Ciro Gomes ao PT no Ceará, Izolda não comentou o episódio diretamente, mas foi às redes sociais para expressar “respeito à aliança de partidos que ajuda a governar o Ceará e tem contribuído para os muito avanços do nosso Estado nesses últimos dois anos”.

“PDT, PT, MDB, PSD e tantos outros que integram nosso Governo têm sido fundamentais em todo esse processo”, destacou a pedetista. O nome dela é o que mais tem a simpatia de petistas dentre os quatro pré-candidatos do PDT ao Palácio da Abolição.

Além de Izolda e de Roberto Cláudio, também estão colocados como pré-candidatos o presidente da Assembleia Legislativa, Evandro Leitão, e o deputado federal Mauro Filho.

 

Fonte: Diário do Nordeste