Sr. Robério, feirante, sofre com as vendas por conta da seca (Foto: Fagner Leandro)
Vários feirantes de arroz, legumes, queijo e feijão, reclamam da estiagem no ano de 2013.

Nossa reportagem procurou alguns comerciantes na manhã desta terça-feira (26), em Iguatu para saber a situação vivida pelos mesmos diante da pior seca já registrada nos últimos quarenta anos.

Segundo os comerciantes, as vendas estão poucas, as pessoas procuram o menor preço, não encontram e acabam voltando para suas casas sem comprar nada, pois o preço por conta da estiagem sobe muito, e quando compram é muito pouco.

“A dificuldade está muito grande, as dificuldades são grandes, o preço muito elevado, mas não podemos fazer nada, os preços subiram brutalmente, as mercadorias que comprávamos por cinqüenta reais, hoje compramos por duzentos reais, isso tudo por causa da seca.” Disse o Senhor Robério, feirante de Iguatu.