A população de Cedro tem um compromisso matinal de toda sexta-feira: participar da Feira da Agricultura Familiar. A procura por frutas, hortaliças, bolos, doces, queijo e outros itens levados pelos próprios produtores rurais tem aumentado nas últimas semanas, principalmente depois das chuvas que banham a região.

A feira, organizada pela Secretaria de Agricultura do município funciona ao lado da antiga estação de trem, a partir das 5 horas da manhã, somente às sextas-feiras, e disponibiliza alimentos saudáveis, sem uso de agrotóxicos, cultivados por diversos produtores do município.

Macaxeira, batata, melancia, mamão, banana, limão, feijão verde, pinha, verduras e jerimum, além de outros itens são comercializados pelos agricultores. Os consumidores podem se deliciar com aquele café da manhã reforçado com uma boa variedade de bolos e das tradicionais bruacas e tapiocas. Os produtores também disponibilizam leite e doces variados.

Ao todo, cerca de 20 agricultores participam da feira, ampliando a renda familiar e movimentando a economia local. “Nós acreditamos na agricultura familiar, realizamos convênios e parcerias. Agora, começamos a colher os frutos destas ações, sempre buscando levar qualidade de vida para os moradores”, destacou o prefeito de Cedro, Dr. Nilson Diniz.

Do campo para o campo

Os distritos de Vale do Machado, Santo Antônio, Assunção e Lagêdo também já realizaram feiras, ampliando as potencialidades de cada localidade.

Luíza Teixeira, que reside no distrito de Santo Antônio, lembra que além de oferecer doces artesanais, tem produzido bolos e outros itens para o café da manhã dos clientes. “A gente vende os doces, porém, também oferecemos um café da manhã diferenciado com bruacas, tapiocas e pães”.

Já no distrito de Assunção, um viveiro de plantas é o destaque na feira. “Sempre chegamos com várias mudas e após a participação na feira as vendas aumentaram, isso é fruto de uma gestão que pensa nas comunidades rurais”, afirma Gledson Oliveira.

O secretário de Agricultura, Manoel Bezerra, disse que os produtores rurais estão otimistas com as oportunidades que se abrem. “A gestão tem trabalhado para incentivar as associações comunitárias e os produtores”.
Outros parceiros

A Prefeitura tem viabilizado outras parcerias com a Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Ceará (Ematerce); Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) e a Célula de Empreendedorismo da Secretaria do Trabalho e Assistência Social.

Fonte: Diário Centro Sul