Atacante ‘faz gol’ depois de morto em homenagem no Chile; entenda

(Foto: Reprodução)

Caixão foi levado para campo e jogador recebeu honraria inusitada.

Definido por seus colegas de time como o “camisa 9 mais letal da região”, o atacante Jaime Escandar recebeu uma homenagem póstuma inusitada. O jogador do Club Parición de Paine, que fica na região metropolitana de Santiago, no Chile, ‘marcou’ um gol mesmo depois de morto.

Anúncio

Amigos de Jaime levaram seu caixão até a pequena área do campo, e uma bola foi chutada em sua direção. A redonda teve sua trajetória desviada para o fundo das redes, representando o último gol feito pelo atacante. A meta, aliás, tinha um goleiro a postos, mas o arqueiro não se moveu para impedir a honraria.

A homenagem foi filmada e enviada para um perfil chileno de esportes, o La Arenga del Abuelo, que tem mais de 400 mil seguidores. Os amigos de Jaime pediram que a história fosse publicada como um reconhecimento dos feitos de ‘Negro Mafla’, como ele era conhecido, e o ‘feito’ viralizou.

“Oi, ‘Abuelo’. Escrevo esta mensagem com muita dor, já que perdemos um dos melhores 9 da região (Paine) no meu clube. Seria uma honra se você pudesse publicar o ‘último gol’ como um reconhecimento ao homem mais letal que conheci dentro da área”, diz a mensagem.

“O ‘Negro’ nos deixou um grande legado e seria muito bonito que muitas pessoas pudessem ver este vídeo, para que ele sinta o carinho. Só morre quem é esquecido. Obrigado, Jaime ‘Negro Mafla’ Escandar”, encerra.

Fonte: O Povo