Os investidores cearenses têm optado por segurança e previsibilidade na hora de investir. De acordo com levantamento feito pelo Santander Brasil, a renda fixa é a categoria preferida entre os clientes do Estado, representando 40,9% das carteiras.

A porcentagem é maior do que o registrado nacionalmente. Conforme a pesquisa, a categoria representa 39% do total da carteira dos brasileiros investidores.

 

A preferência pela modalidade é tradicional pelos brasileiros, que costumam evitar riscos na hora de investir. Mas, com a Selic a 13,75%, a rentabilidade da renda fixa se tornou atrativa até mesmo para os investidores mais arrojados.

 

De julho de 2021 a março deste ano, a parcela investida nesta modalidade por clientes moradores do Ceará cresceu de 38,48% para 40,9%, mesmo período em que a Selic saltou de 4,25% para 12,75%.

“A renda fixa sempre teve um protagonismo grande entre os brasileiros e, com os dois dígitos na taxa de juros, isso fica ainda mais evidente. Esse aumento na modalidade também mostra um apetite menor ao risco em um ano bastante desafiador para os investimentos”, destaca a superintendente executiva de Investimentos do Santander Brasil, Luciane Effting.

 

Fonte: DIário do Nordeste