Imagem: Fagner Leandro/MAIS FM

Imagem: Fagner Leandro/MAIS FMMais um projeto idealizado pela rádio Mais FM que visa registrar a história de Iguatu. O trabalho se baseia na captação de imagens e áudio com narrativas feitas nos próprios locais onde a história aconteceu.

Para executar o projeto, a emissora, através da instituição mantenedora, Fundação de Apoio ao Jovem de Iguatu-FAJI buscou a parceria de um ilustre colaborador. O jornalista, pesquisador e historiador Wilson Lima Verde. O historiador, que conhece com precisão os fatos que marcaram a história do município e da região, já havia participado de um quadro anterior, que levado ao ar semanalmente às sextas-feiras com o título ‘A Voz da História’. Agora, com o novo formato, a equipe teve a ideia de ampliar o projeto com um ganho significativo na coleta das informações.

Com dois repórteres de rua, um para entrevistar e outro para captar o áudio e as imagens, a equipe se desloca com Wilson Lima Verde para pontos estratégicos da cidade; monumentos, prédios antigos, ruas históricas e outros logradouros que guardam a memória da cidade, e lá são feitos os registros, com a narrativa do próprio Wilson Lima Verde, contando, sempre com a perícia das datas, fatos, nomes e acontecimentos, envolvendo personalidades e homens públicos, a história como ela se passou. Um farto e rico acervo ‘vivo’ da história político-administrativa do município, que indiretamente objetiva, além de construir um arquivo com os dados históricos, contribuir também com as futuras gerações que quiserem conhecer mais sobre o município e seu legado.

Já foram gravados arquivos nas pontes, metálica e Demócrito Rocha, na Rua Deoclécio Lima Verde, em frente à casa do médico Dr. José Holanda Montenegro, cujo imóvel recebeu recentemente uma placa comemorativa dos 100 anos de sua construção, a casa onde nasceu o próprio Wilson Lima Verde, a Praça Celso Lima Verde, (monumento dos ex-prefeitos), na Praça da Matriz  em frente à casa do também ex-prefeito, Dr. Agenor Gomes de Araújo, a Rua Senador Pompeu, primeira rua construída que deu início o conglomerado urbano da cidade, a igreja de Senhora Sant’Anna, a Rua Deputado Adahil Barreto Cavalcante e a casa onde nasceu Humberto Teixeira.Imagem: Fagner Leandro/MAIS FM

Com as imagens captadas, o material vai para edição em estúdio, trabalho finalizado pelo repórter Fagner Leandro. Tudo é compilado em vídeo e ficará arquivado numa videoteca da FAJI e da Mais FM disponibilizado para pesquisa de estudantes, historiadores e pessoas da comunidade. Concluída a edição é produzido um vídeo de 5 minutos que é postado no portal da rádio, para o acesso dos internautas. O áudio é veiculado na programação jornalística da emissora.