(Foto: Divulgação)

Uma professora do município de Tauá, no interior do Ceará, foi vítima de um golpe romântico virtual e teve um prejuízo de R$ 10 mil, dinheiro que havia recebido em precatórios do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento do Ensino Fundamental e de Valorização do Magistério (Fundef).

A vítima registrou Boletim de Ocorrência, e a Polícia Civil do município chegou a emitir um alerta sobre o crime, conhecido como golpe do Don Juan, e que vem sendo aplicado pelas redes sociais principalmente contra professoras da localidade.

“São crimes de estelionato que vem sendo aplicado tendo como alvo professoras que receberam os precatórios do Fundef, e que estão sendo apurados pela Polícia Civil”, disse o inspetor William em entrevista à TV Verdes Mares Cariri.

COMO OCORRE O CRIME?

As investigações apontam que, para enganar as vítimas, os criminosos criam um perfil falso em sites e aplicativos de namoro demonstrando ser uma pessoa bem-sucedida em busca de um relacionamento sério.

Após conquistar a confiança do alvo com declarações de amor, fotos e experiências pessoais, o golpista diz que precisa de dinheiro, alegando precisar de tratamentos de saúde, conserto de automóveis, entre outras justificativas. Depois que as mulheres transferem a quantia, os criminosos param de fazer contato.

Ainda conforme a Polícia Civil, a orientação para pessoas que desconfiarem de um perfil falso é denunciar na própria rede social utilizada, e em seguida registrar o Boletim de Ocorrência.

Fonte: Diário do Nordeste

PODCAST DIÁLOGO MAIS – ELEIÇÕES 2022 – O QUE FAZ UM DEPUTADO FEDERAL, ESTADUAL E SENADOR? O QUE É ESQUERDA, DIREITA E CENTRÃO?