(Foto: Reprodução)

Um policial militar atirou na perna de um adolescente de 16 anos durante uma briga de trânsito, na noite desta terça-feira (22), em frente a um condomínio no Jardim Botânico, no Distrito Federal. O jovem foi baleado após tentar defender a irmã de uma agressão cometida pelo militar.

Segundo as testemunhas, a confusão começou após a irmã da vítima, de 18 anos, bater com uma motocicleta no carro do policial, que faz parte do Batalhão de Operações Especiais (Bope).

Ele teria pedido a habilitação da jovem, que não tem o documento e estava sem capacete na hora do acidente. Após a família dela chegar ao local, as agressões começaram.

O advogado do policial militar disse que foi a família quem iniciou as agressões e que o PM atirou em legítima defesa. Já a Polícia Militar afirma que os disparos foram feitos para cessar as agressões e que o policial estava “com o receio de ter sua arma tomada e utilizada contra si”.

Fonte: G1