(Foto: Reprodução)

À CNN Rádio, o urologista Franz Campos relatou que o câncer de próstata mata 1 homem a cada 34 minutos no Brasil.

A campanha Novembro Azul acontece durante todo o mês para conscientização sobre o câncer de próstata. Em entrevista à CNN Rádio nesta quarta-feira (3), o chefe da seção de urologia do INCA, Franz Campos, reforçou a importância do diagnóstico precoce.

Ele destacou que, no estágio inicial, não há sintomas identificáveis para doença, o que reforça ainda mais a necessidade dos homens de procurarem um médico para exames preventivos: “90% dos tumores são curados se forem diagnosticados precocemente”.

“O Novembro Azul insiste para que toda a população masculina acima de 50 anos faça acompanhamento, o câncer de próstata mata 1 homem a cada 34 minutos no país, prevemos mais de 65 mil novos casos e mortalidade na casa de 15 mil, são números alarmantes”, alertou o médico.

Segundo Franz Campos, a resistência da população masculina a fazer o exame do toque retal “tem mudado progressivamente”, muito por causa do trabalho de conscientização.

O urologista ainda reforçou que a pandemia afetou muito o número de exames e consultas, devido ao isolamento social, e a retração nos números “preocupa muito”, embora haja sinais de retomada.

“Durante a pandemia, tivemos queda significativa 18% de biópsias, com o retorno à atividade normal e maciça vacinação, notamos em 2021 para 2020 um aumento de 27% na procura das biópsias”, disse.

Fonte: CNN Brasil