(Foto: Reprodução)

Desemprego e informalidade são maiores entre as pessoas com deficiênciaPessoas com deficiência são menos da metade das pessoas sem deficência no mercado de trabalho. Respectivamente, 28,3% e 66,3%. Os dados são de 2019, data de aplicação da pesquisa Pessoas com deficiência e as desigualdades sociais no Brasil, divulgada nesta 4ª feira (21.set), pelo IBGE.

“Além de a taxa de participação das pessoas com deficiência ser bem menor do que a de pessoas sem deficiência, elas têm uma taxa de desocupação maior, que indica uma maior dificuldade em conseguir emprego. Isso pode ser causado por falta de acessibilidade da sua casa até o trabalho”, diz Leonardo Athias, analista do IBGE.

A taxa de desocupação era maior para pessoas com deficiência, com 10,3% delas. Pessoas sem deficiência, 9,0%.

A taxa de formalização indica a forma de inserção no mercado de trabalho. Enquanto mais da metade (50,9%) das pessoas sem deficiência ocupadas estava empregada em postos formais, esse indicador era de 34,3% entre aqueles com deficiência. As pessoas com mais de uma deficiência tiveram um percentual ainda menor: 27,3%.

Fonte: SBT News

 

PODCAST DIÁLOGO MAIS – OS 200 ANOS DA INDEPENDÊNCIA DO BRASIL

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui