A Romaria de Finados, que faz circular estimadas 300 mil pessoas em Juazeiro do Norte, entre os dias 29 de outubro e 2 de novembro, tem ampliado as fronteiras. A cidade vizinha de Crato, onde nasceu o Padre Cícero, cada vez mais, tem recebido seus devotos neste período. Pensando nisso, a Secretaria Municipal de Turismo e Desenvolvimento Econômico Sustentável (Seturdes) instalou duas tendas para recepcionar os romeiros, uma na Praça da Sé e outra na Praça do Sol, aos pés estátua de Nossa Senhora de Fátima.

Nestes pontos, os visitantes recebem orientações sobre alguns lugares da ‘Princesa do Cariri’, fitinhas em alusão ao município e atendimentos de saúde. O Mapa Turístico do Crato, material impresso, também é entregue. “É o momento de todos os cratenses mostrarem a receptividade que é típica da nossa cidade”, comentou Luis Carlos Saraiva, titular de Seturdes.

Roteiro

Um dos locais visitados em Crato é a Sé Catedral de Nossa Senhora da Penha, onde o sacerdote foi batizado. A Igreja ainda preserva a pia batismal onde aconteceu a cerimônia e exibe aos visitantes uma cópia do livro de batismo que registrou, pela primeira vez, o nome Cícero Romão Batista.

Inaugurada em 2014, a estátua de Nossa Senhora de Fátima — maior monumento religioso do Ceará com 45 metros de altura — fica a pouco mais de seis quilômetros do Centro da cidade. A escultura chama atenção pelo tamanho e supera até o Cristo Redentor, no Rio de Janeiro. Em julho do ano passado, foi inaugurada uma obra de urbanização que trouxe diversas melhorias ao local, incluindo estacionamento, espaço ecumênico, iluminação e paisagismo.

Fonte: Diário Cariri