(Foto: Reprodução)

Um casal de idosos residentes em Fortaleza foi morto a facadas, na noite desta sexta-feira (24/6), em um edifício de luxo localizado na Rua Pio Corrêa, no bairro Jardim Botânico, Zona Sul do Rio de Janeiro. Segundo a Divisão de Homicídios da Polícia Civil fluminense, o principal suspeito do crime, que seria militar da Marinha, é namorado do filho dos cearenses. O homem, identificado como Cristiano Lacerda, 40, foi encontrado inconsciente no apartamento junto do casal.

Segundo informações do Corpo de Bombeiros, os corpos das vítimas estavam no sofá-cama do apartamento. Logo depois, os dois foram levados para o Instituto Médico Legal (IML) do Estado. Já o suspeito, segundo informou a Polícia, estava dentro da cama-baú que fica no quarto do namorado. Ele portava uma faca ensanguentada e aparentava sinais de embriaguez. Ele foi socorrido e levado ao Hospital Municipal Miguel Couto, na Gávea, onde está internado sob custódia policial.

Os idosos identificados como Geraldo Pereira Coelho,73, e Oselia da Silva Coelho,72, estavam no Rio de Janeiro desde o último dia 17 de junho para visitar o filho, que é professor de Inglês na cidade. Os cearenses retornariam à Fortaleza na próxima terça-feira (28/6).

As investigação do duplo assassinato estão sendo conduzidas pela Delegacia de Homicídios da Capital (DHC), onde foi instaurado um inquérito policial sobre o caso.

Motivação do crime

Cristiano era namorado de Felipe da Silva Coelho, filho do casal de idosos. Felipe e Cristiano estavam em processo de separação desde o último carnaval, no entanto, ainda moravam no mesmo apartamento.

O crime teria sido motivado por uma crise de ciúmes, já que Felipe havia saído para curtir a noite de sexta-feira com amigos em uma festa. Inconformado, Cristiano teria atacado os pais do ex-namorado a facadas.

Fonte: gcmais

PODCAST MAIS SAÚDE – Transtorno de Ansiedade