O avião que levava a cantora Marília Mendonça e outros passageiros caiu em uma área nas proximidades da serra da Caratinga, no interior de Minas Gerais, nesta sexta-feira (5). Segundo a assessoria da artista, ela passa bem. O Corpo de Bombeiros ainda trabalha no resgate das vítimas e, segundo a GloboNews, duas pessoas morreram.

Informações iniciais da assessoria apontavam que outras duas pessoas estavam na aeronave, mas o número foi atualizado para cinco no fim da tarde desta sexta. Entretanto, ainda não há confirmação oficial da corporação de quantas pessoas estavam a bordo.

As equipes que atendem a ocorrência ainda não confirmam o estado dos passageiros da aeronave. Além disso, também não revelaram se elas foram atendidas em uma unidade de saúde próxima. Até a última atualização desta matéria, ainda há vítimas dentro da aeronave.

Enquanto isso, relatos do portal G1 afirmam que a aeronave é um bimotor Beech Aircraft, da PEC Táxi Aéreo, de Goiás, prefixo PT-ONJ, com capacidade para seis passageiros.

A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) relatou que o avião em questão encontra-se em situação regular e possui autorização para realizar o serviço de táxi aéreo.

SHOW EM CARATINGA

Marília Mendonça faria um show na cidade de Caratinga e, cerca de uma hora antes do acidente aéreo, havia feito publicação no Instagram para registrar a entrada no avião. No vídeo, a cantora registrou parte da rotina que antecede as apresentações musicais.

O local do acidente foi apontado como parte da zona rural de Caratinga e, ainda segundo o Corpo de Bombeiros, possui difícil acesso.

Fonte: Diário do Nordeste