(Foto: Reprodução)

Atiradores mataram ao menos 30 pessoas em um ataque em Sokoto, estado do norte da Nigéria, informou o escritório do governador nesta segunda-feira (18).

O ataque começou em um mercado de Goronyo no domingo (17) e continuou na manhã desta segunda-feira, disse o governador de Sokoto, Aminu Waziri Tambuwal, em um comunicado.

Iliyasu Abba, morador e comerciante local, disse que havia 60 corpos no necrotério do Hospital Geral de Goronyo e que outras pessoas sofreram ferimentos enquanto fugiam.

“Os atiradores invadiram o mercado, já que estava cheio de compradores e comerciantes”, disse ele.

Os agressores estavam “disparando esporadicamente contra nós depois de cercarem o mercado disparando em todas as direções e matando pessoas.”

Abba disse que, inicialmente, os atiradores se sobrepuseram aos policiais que tentaram intervir. Um porta-voz da polícia não respondeu de imediato a um pedido de comentário.

Crise de segurança

Atiradores mataram dezenas de pessoas e sequestraram centenas mais por resgate no noroeste da Nigéria no último ano, em meio a uma crise de segurança que o governo está tentando enfrentar com blecautes de comunicação, operações militares e reforço do policiamento.

O governo ordenou o desligamento de todos os serviços de telefonia e internet em todo o estado de Zamfara no início de setembro, ampliando o blecaute mais tarde a partes dos estados de Katsina, Sokoto e Kaduna à medida que as operações militares se intensificavam.

Fonte: CNN Brasil