A governadora do Ceará, Izolda Cela, informou nesta sexta-feira (16) que o uso de máscaras no transporte coletivo deixa de ser obrigatório no estado. Conforme Izolda, a decisão foi tomada após reunião com o comitê de combate à Covid-19 em razão do baixo número de casos da doença no estado.

O decreto com informações mais detalhadas sobre a decisão tomada na reunião do comitê ainda vai ser publicado no Diário Oficial do Estado (DOE).

“Em virtude do baixo número de casos da Covid no Ceará, o comitê decidiu retirar a obrigatoriedade do uso de máscaras nos transportes coletivos. O uso do item permanece obrigatório nas unidades de saúde”, escreveu a governadora em uma publicação nas redes sociais.

A orientação para usar máscaras permanece em hospitais, clínicas e outras unidades de saúde.

Além do transporte público, a recomendação abrange espaços como terminais de ônibus, estações de metrô, VLT, e demais acessos aos veículos.

Fonte: G1 CE

PODCAST DIÁLOGO MAIS – OS 200 ANOS DA INDEPENDÊNCIA DO BRASIL