Uma misteriosa explosão de rádio com um padrão semelhante a um batimento cardíaco foi detectada no espaço.

Astrônomos estimam que o sinal veio de uma galáxia a cerca de um bilhão de anos-luz de distância, mas a localização exata e a causa da explosão são desconhecidas.

Um estudo detalhando as descobertas publicadas nesta quarta-feira (13) na revista Nature.

Rajadas rápidas de rádio, ou FRBs, são rajadas intensas de milissegundos de ondas de rádio com origens desconhecidas. A primeira FRB foi descoberta em 2007 e, desde então, centenas desses rápidos flashes cósmicos foram detectados vindos de vários pontos distantes do universo.

Muitas FRBs liberam ondas de rádio super brilhantes que duram apenas alguns milissegundos no máximo antes de desaparecer completamente, e cerca de 10% delas são conhecidas por repetições e ter padrões.Rajadas rápidas de rádio são tão velozes e inesperadas que são difíceis de observar.

Um recurso usado para identificá-los é um radiotelescópio chamado Canadian Hydrogen Intensity Mapping Experiment (Chime), no Observatório Astrofísico de Rádio Dominion, na Colúmbia Britânica, Canadá.

Este telescópio, em operação desde 2018, observa constantemente o céu e, além das rápidas rajadas de rádio, é sensível às ondas de rádio emitidas por hidrogênio distante no Universo.

Fonte: CNN Brasil