O grupo traz a Iguatu repertório costurado por cantos de trabalho pinçados da tradição brasileira (Divulgação)

O grupo já passou por Fortaleza e Sobral, chegando a Iguatu neste sábado para única apresentação, gratuita.

O Sesc hoje à noite a 3ª etapa do projeto Sonora Brasil 2015/2016, que este ano traz como tema “Sonoros Ofícios – Cantos de Trabalho”. As apresentações já passaram por Fortaleza e Sobral, e, além de Iguatu, passam pelo Crato, e encerram a turnê do grupo em Juazeiro do Norte.

O grupo Ilumiara apresenta um repertório costurado por cantos de trabalho pinçados da tradição brasileira, como vissungos, cantigas de ninar e cantos de lavadeiras desenhados por acordes elaborados a partir de uma visão estética contemporânea impressa pelo grupo.

Formado por Alexandre Gloor, Carlinhos Ferreira, Leandro César, Letícia Bertelli e Marcela Bertelli, o grupo mineiro realizou um minucioso trabalho de pesquisa, colhendo canções diretamente de suas fontes ou a partir de registros de pesquisadores pioneiros como Mário de Andrade, Oswaldo de Souza e Ayres da Mata Machado, trazendo em seu espetáculo a contextualização histórico-social dos cantos de trabalho no Brasil.

Sobre o Sonora
Idealizado pelo Departamento Nacional do Sesc, o projeto “Sonora Brasil – Formação de Ouvintes Musicais”, desenvolve programações identificadas com o desenvolvimento histórico da música no Brasil, e consolida-se como o maior projeto de circulação musical do país, difundindo o trabalho de artistas que se dedicam à construção de uma obra de fundamentação artística não-comercial.

O principal objetivo do projeto é despertar no público um olhar crítico sobre a produção e os mecanismos de difusão da música. Dessa maneira, o Sonora Brasil incentiva novas práticas e hábitos de apreciação musical, promovendo apresentações de caráter essencialmente acústico, valorizando a pureza do som e a qualidade das obras e de seus intérpretes.

Sonora Brasil no SESC Iguatu
Hoje, a partir das 20h
Entrada Gratuita