Após assembleia geral dos servidores públicos municipais de Iguatu foi decidido por maioria absoluta de associados em reunião na noite da ultima quarta-feira, 04, no auditório da Câmara de Vereadores a sinalização pela deflagração da greve e de imediato a decisão de uma paralisação.

A paralização acontecerá no próximo dia 15 de abril. Na assembleia uma pauta de reivindicações foi criada, contendo as demandas dos servidores que serão levadas ao poder executivo dentre elas o PCCR e o adicional insalubridade/periculosidade.

Estiveram presentes na decisão o Sind.Guarda, Sind.Saúde, Sinprof e SPUMI. Na ocasião ainda foi criado um comando de greve composta por 12 membros com o proposito de estabelecer um diálogo com gestão atual e de direcionar os servidores com as novas ações sobre a sinalização de uma possível greve geral.

{https://soundcloud.com/mais-fm/vanessa-lopes-fala-dos-tramites-legais-da-paralisacao-dos-servidores-municicpais-apos-assembleia} {https://soundcloud.com/mais-fm/mauricelio-rocha-servidor-municipal-faz-parte-do-comando-de-greve-e-fala-da-assembleia-que-reuniu-a-categoria}