Connect with us

Política

Reforma da Previdência: saiba o que muda com as novas regras propostas

Publicado

on

O governo encaminhou ao Congresso Nacional a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 287/2016, que trata da reforma da Previdência no Brasil. O governo defende que as alterações são importantes para equilibrar as finanças da União. Segundo o ministro da Fazenda Henrique Meirelles, em 2016 o déficit do INSS chegará a R$ 149,2 bilhões (2,3% do PIB), e em 2017, está estimado em R$ 181,2 bilhões.

O perfil etário da sociedade brasileira vem mudando com o aumento da expectativa de vida e a diminuição da fecundidade (número de nascimentos), o que provoca um envelhecimento da população. De acordo com Meirelles, esse novo perfil deverá gerar uma situação insustentável: “No atual ritmo, em 2060, vamos ter apenas 131 milhões de brasileiros em idade ativa (hoje são 141 milhões). No mesmo período, os idosos crescerão 263%”.

Entre as mudanças propostas na PEC 287 está a definição de uma idade para a aposentadoria: 65 anos, tanto no caso de homens quanto de mulheres. Confira os principais pontos:

Quem será afetado pelas novas regras

Todos os trabalhadores ativos entrarão no novo sistema. Aqueles que têm menos de 50 anos (homens) ou 45 anos (mulheres) deverão obedecer às novas regras integralmente. Já quem tem 50 anos ou mais será enquadrado com uma regra diferente, com tempo adicional para requerer o benefício. Aposentados e aqueles que completarem os requisitos para pedir o benefício até a aprovação da reforma não serão afetados porque já possuem direito adquirido.

Idade mínima

O governo pretende fixar idade mínima de 65 anos para requerer aposentadoria e elevar o tempo mínimo de contribuição de 15 anos para 25 anos. Atualmente, não há uma idade mínima para o trabalhador se aposentar. Pelas regras em vigor, é possível pedir a aposentadoria com 30 anos de contribuição, no caso das mulheres, e 35 anos no caso dos homens. Para receber o benefício integral, é preciso atingir a fórmula 85 (mulheres) e 95 (homens), que é a soma da idade com o tempo de contribuição.

Os chamados segurados especiais, que inclui agricultores familiares, passariam a seguir a mesma regra de idade mínima dos segurados urbanos (65 anos). Atualmente, eles podem se aposentar com idade reduzida. Também os professores, que antes poderiam se aposentar com tempo reduzido ao contabilizar o tempo em sala de aula, seguirão as mesmas regras estabelecidas para os demais trabalhadores. A única exceção seria para os trabalhadores com deficiência. O tratamento especial continua existindo, mas a diferença em relação aos demais não poderá ser maior do que 10 anos no requisito de idade e 5 anos no de tempo de contribuição.

Regras de transição

Haverá uma regra de transição para quem está perto da aposentadoria. Homens com 50 anos de idade ou mais e mulheres com 45 anos de idade ou mais poderão aposentar-se com regras diferenciadas. A regra de transição só vale para o tempo de aposentadoria, já para o cálculo do benefício valerá a nova regra proposta.

Trabalhadores nessa situação deverão cumprir um período adicional de contribuição , uma espécie de “pedágio”, equivalente a 50% do tempo que faltaria para atingir o tempo de contribuição exigido. Por exemplo, se para um trabalhador faltava um ano para a aposentadoria, passará a faltar um ano e meio (12 meses + 50% = 18 meses).

Este pedágio também vale para professores e segurados especiais (trabalhadores rurais) que tiverem 50 anos de idade ou mais, se homens, e 45 anos de idade ou mais, se mulheres.

Tempo de contribuição e valor da aposentadoria

Pelas regras propostas, o trabalhador precisa atingir a idade mínima de 65 anos e pelo menos 25 anos de contribuição para poder se aposentar. Neste caso, ele receberá 76% do valor da aposentadoria – que corresponderá a 51% da média dos salários de contribuição, acrescidos de um ponto percentual desta média para cada ano de contribuição. Por exemplo: o trabalhador com 65 anos de idade e 25 anos de tempo de contribuição terá a aposentadoria igual a 76% (51 + 25) do seu salário de contribuição.

A cada ano que contribuir a mais o trabalhador terá direito a um ponto percentual. Desta forma, para receber a aposentadoria integral (100% do valor), o trabalhador precisará contribuir por 49 anos, a soma dos 25 anos obrigatórios e 24 anos a mais.

Trabalhadores rurais também deverão contribuir com uma alíquota que provavelmente será atrelada ao salário mínimo. Para que essa cobrança seja feita, será necessária a aprovação de um projeto de lei

Servidores públicos

Os servidores públicos fazem parte de um sistema diferenciado chamado Regime de Previdência dos Servidores Públicos (RPPS). No entanto, com a PEC, eles passarão a responder a regras iguais às dos trabalhadores do Regime Geral (RGPS): idade mínima para aposentadoria, tempo mínimo de contribuição, regra para cálculo de aposentadoria por incapacidade permanente para o trabalho, além das hipóteses de aposentadorias especiais.

Com a reforma, passa a existir uma única modalidade de aposentadoria voluntária, que exigirá os requisitos de 65 anos de idade, 25 anos de contribuição, 10 anos no serviço público e 5 anos no cargo efetivo, tanto para o homem como para a mulher. Assim como no RGPS, a transição para os atuais segurados será aplicada a servidores com idade igual ou superior a 50 anos (homens) ou 45 anos (mulheres). As aposentadorias voluntárias dos servidores que seguirem a regra de transição e tenham ingressado no cargo até 31/12/2003 serão concedidas com integralidade e paridade.

Militares, policiais e bombeiros

Policiais civis e federais entram na reforma e serão submetidos aos critérios de idade mínima de 65 anos somados a 25 anos de contribuição. Por outro lado, os militares das Forças Armadas seguirão um regime específico, que será enviado separadamente em um projeto ao Congresso Nacional. No caso de policiais militares e bombeiros, cada um dos 26 estados e o Distrito Federal deverão providenciar mudanças em suas legislações locais para adequar os regimes de Previdência dessas carreiras.

Pensão por morte

Com a PEC, o valor das pensões por morte passa a ser baseado em sistema de cotas, com previsão de valor inicial diferenciado conforme o número de dependentes do trabalhador. O INSS pagará 100% do benefício apenas aos pensionistas que tiverem cinco filhos. Além disso, o valor do benefício fica desvinculado ao salário mínimo. A duração da pensão por morte será mantida.

Segundo o Ministério da Previdência, o benefício será equivalente a 50% do valor da aposentadoria que o segurado teria direito, acrescida de 10% para cada dependente. Por exemplo: se o trabalhador aposentado deixar esposa e um filho como dependentes ao falecer, esses dois dependentes receberão, juntos, o total de 70% do que o beneficiário recebia de aposentadoria (50% somados a duas cotas individuais de 10%).

As regras também valem para servidores públicos e, neste caso, acaba a pensão por morte vitalícia para todos os dependentes. O tempo de duração do benefício para o cônjuge passa a ser variável, conforme sua idade na data de óbito do servidor: será vitalícia apenas se o viúvo tiver 44 anos ou mais.

Quando entra em vigor

As mudanças não entram em vigor de imediato porque ainda dependem de aprovação no Congresso Nacional. A PEC será analisada pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara para verificar a constitucionalidade da proposta. Em seguida, caso seja aprovada, é criada uma comissão especial para análise. O colegiado elabora um parecer e o envia para análise do plenário da Casa.

No plenário da Câmara, a PEC tem de ser aprovada, em dois turnos, por três quintos dos deputados. No Senado, tem que passar novamente pela CCJ da Casa e por dois turnos no plenário, também com aprovação de três quintos dos senadores. Se o Senado aprovar o texto como o recebeu da Câmara, a emenda é promulgada e passa a valer como lei. Caso o texto seja alterado, deve ser enviado novamente para a Câmara para a análise das alterações feitas pelos senadores.

 

07dez-apos

Fonte: Agência Brasil

Radio Ao vivo

SAIU NA MAIS

anúncio
Colunas2 horas atrás

Direito e Cidadania: Com as chuvas, os alagamentos

Ceará4 horas atrás

Criminosos vestidos de policiais assaltam comerciante e trocam tiros com a polícia

Ceará4 horas atrás

Árvore cai sobre carro no Ceará; seis ficam feridos

Iguatu4 horas atrás

CPI da CAF em Iguatu: 10 vereadores assinam requerimento. Nenhum é da situação

Ceará4 horas atrás

Cantora de forró que morreu afogada com o marido gravou clipe no mesmo local onde corpos foram encontrados

Ceará4 horas atrás

Polícia Federal procura há dois anos preso que fugiu algemado da sede da PF em Fortaleza

Ceará4 horas atrás

Ônibus escolar com 48 estudantes tomba em rodovia do Ceará

Iguatu23 horas atrás

Defensoria Pública Geral do Estado inaugura novo Núcleo de Mediação Comunitária de Iguatu

Noticias1 dia atrás

Homem espancado ao assaltar lutador ainda tentou roubar carro após fugir dos golpes

Noticias1 dia atrás

Cantora de forró Marcinha Sousa e marido morrem afogados em carro ao tentar cruzar ponte no Ceará

Noticias1 dia atrás

MC Vinner é assassinado a tiros em Fortaleza

Noticias1 dia atrás

Israel mantém Lula como ‘persona non grata’, especialistas avaliam próximos movimentos diplomáticos

Economia1 dia atrás

Microempreendedores individuais devem ficar atentos para não cometer erros no preenchimento da declaração anual de faturamento

Brasil1 dia atrás

Prazo para comprovação dos dados no Prouni termina hoje, 20/02

Iguatu2 dias atrás

Crianças com deficiência sem monitores em Iguatu: Prefeitura promete concluir seleção até 29 de Fevereiro

Ceará2 dias atrás

Idoso é resgatado de casa por bombeiros após ser atacado por abelhas no Ceará

Ceará2 dias atrás

Açude Germinal, em Palmácia, é o primeiro a sangrar no Ceará em 2024

Noticias2 dias atrás

Duas chacinas no mesmo dia no Ceará: quatro mulheres são mortas em Caucaia

Ceará2 dias atrás

Laje desaba e mata criança de quatro anos na cidade do Crato

Ceará2 dias atrás

Empresária esfaqueada a mando de casal faz fisioterapia: ‘Gratidão’

Noticias2 dias atrás

COLUNA: CeLELEbridades

Iguatu3 dias atrás

Deputado Danilo Forte confirma emenda de R$400.000,00 para APAE de Iguatu em café da manhã na Casa Lar Juvenal e Arlinda Nogueira

Iguatu3 dias atrás

Deputado Federal Danilo Forte aborda necessidade de reconstrução de Iguatu durante evento no CDL

Iguatu4 dias atrás

Situação da saúde em Iguatu levanta questões sobre prioridades públicas

Iguatu4 dias atrás

SAAE – Justiça determina suspensão imediata do Projeto de Lei 004/2024

Americando4 dias atrás

AMERICANDO: A primeira vez que ouvi Belchior

Noticias4 dias atrás

Influenciadora é presa por anunciar venda de drogas em rede social

Ceará4 dias atrás

Agentes da inteligência policial do Ceará ajudam na recaptura de fugitivos da Penitenciária de Mossoró

Noticias5 dias atrás

Julgamento do principal suspeito do desaparecimento de Madeleine McCann foi suspenso momentos após a abertura, após tweets de juíza leiga sobre ex-presidente Jair Bolsonaro

Brasil5 dias atrás

Prefeito de Bagé é denunciado por não distribuir cestas básicas; alimentos estragam e contêm veneno de rato

Colunas2 horas atrás

Direito e Cidadania: Com as chuvas, os alagamentos

Ceará4 horas atrás

Criminosos vestidos de policiais assaltam comerciante e trocam tiros com a polícia

Ceará4 horas atrás

Árvore cai sobre carro no Ceará; seis ficam feridos

Iguatu4 horas atrás

CPI da CAF em Iguatu: 10 vereadores assinam requerimento. Nenhum é da situação

Ceará4 horas atrás

Cantora de forró que morreu afogada com o marido gravou clipe no mesmo local onde corpos foram encontrados

Ceará4 horas atrás

Polícia Federal procura há dois anos preso que fugiu algemado da sede da PF em Fortaleza

Ceará4 horas atrás

Ônibus escolar com 48 estudantes tomba em rodovia do Ceará

Iguatu23 horas atrás

Defensoria Pública Geral do Estado inaugura novo Núcleo de Mediação Comunitária de Iguatu

Noticias1 dia atrás

Homem espancado ao assaltar lutador ainda tentou roubar carro após fugir dos golpes

Noticias1 dia atrás

Cantora de forró Marcinha Sousa e marido morrem afogados em carro ao tentar cruzar ponte no Ceará

Noticias1 dia atrás

MC Vinner é assassinado a tiros em Fortaleza

Noticias1 dia atrás

Israel mantém Lula como ‘persona non grata’, especialistas avaliam próximos movimentos diplomáticos

Economia1 dia atrás

Microempreendedores individuais devem ficar atentos para não cometer erros no preenchimento da declaração anual de faturamento

Brasil1 dia atrás

Prazo para comprovação dos dados no Prouni termina hoje, 20/02

Iguatu2 dias atrás

Crianças com deficiência sem monitores em Iguatu: Prefeitura promete concluir seleção até 29 de Fevereiro

Ceará2 dias atrás

Idoso é resgatado de casa por bombeiros após ser atacado por abelhas no Ceará

Ceará2 dias atrás

Açude Germinal, em Palmácia, é o primeiro a sangrar no Ceará em 2024

Noticias2 dias atrás

Duas chacinas no mesmo dia no Ceará: quatro mulheres são mortas em Caucaia

Ceará2 dias atrás

Laje desaba e mata criança de quatro anos na cidade do Crato

Ceará2 dias atrás

Empresária esfaqueada a mando de casal faz fisioterapia: ‘Gratidão’

Noticias2 dias atrás

COLUNA: CeLELEbridades

Iguatu3 dias atrás

Deputado Danilo Forte confirma emenda de R$400.000,00 para APAE de Iguatu em café da manhã na Casa Lar Juvenal e Arlinda Nogueira

Iguatu3 dias atrás

Deputado Federal Danilo Forte aborda necessidade de reconstrução de Iguatu durante evento no CDL

Iguatu4 dias atrás

Situação da saúde em Iguatu levanta questões sobre prioridades públicas

Iguatu4 dias atrás

SAAE – Justiça determina suspensão imediata do Projeto de Lei 004/2024

Americando4 dias atrás

AMERICANDO: A primeira vez que ouvi Belchior

Noticias4 dias atrás

Influenciadora é presa por anunciar venda de drogas em rede social

Ceará4 dias atrás

Agentes da inteligência policial do Ceará ajudam na recaptura de fugitivos da Penitenciária de Mossoró

Noticias5 dias atrás

Julgamento do principal suspeito do desaparecimento de Madeleine McCann foi suspenso momentos após a abertura, após tweets de juíza leiga sobre ex-presidente Jair Bolsonaro

Brasil5 dias atrás

Prefeito de Bagé é denunciado por não distribuir cestas básicas; alimentos estragam e contêm veneno de rato

Videos2 semanas atrás

AO VIVO – MAIS NOTÍCIAS – 09/02/2024

Videos2 semanas atrás

AO VIVO – MAIS JUSTIÇA 09/02/2024

Videos2 semanas atrás

AO VIVO – MANHÃ DE NOTÍCIAS – 09/02/2024

Videos2 semanas atrás

AO VIVO – MAIS NOTÍCIAS – 08/02/2024

Videos2 semanas atrás

AO VIVO – MANHÃ DE NOTÍCIAS – 08/02/2024

Videos2 semanas atrás

AO VIVO -MAIS NOTÍCIAS – 07/02/2024

Videos2 semanas atrás

AO VIVO – MANHÃ DE NOTÍCIAS – 07/02/2024

Videos2 semanas atrás

AO VIVO – MAIS NOTICIAS – 06/02/2024

Videos2 semanas atrás

AO VIVO – MAIS NOTÍCIAS – 05/02/2024

Videos3 semanas atrás

AO VIVO – ESPORTE SHOW 02/02/2024

Videos3 semanas atrás

AO VIVO – MAIS NOTÍCIAS 02/02/2024

Videos3 semanas atrás

MAIS NOTÍCIAS AO VIVO 01/02/2024

Videos3 semanas atrás

AO VIVO – MANHÃ DE NOTÍCIAS – 31/01/2024

Videos3 semanas atrás

AO VIVO – ESPORTE SHOW 29/01/2024

Videos1 mês atrás

AO VIVO – ESPORTE SHOW 22/01/2024

Videos1 mês atrás

AO VIVO – MAIS JUSTIÇA 19/01/2024

Videos1 mês atrás

AO VIVO – ESPORTE SHOW 18/01/2024

Videos1 mês atrás

AO VIVO – ESPORTE SHOW 15/01/2024

Videos1 mês atrás

AO VIVO – MAIS JUSTIÇA 12/01/2024

Videos1 mês atrás

AO VIVO – ESPORTE SHOW 11/01/2024

Videos1 mês atrás

AO VIVO – ESPORTE SHOW 08/01/2024

Videos2 meses atrás

AO VIVO – MAIS JUSTIÇA 05/01/2024

Videos2 meses atrás

AO VIVO – ESPORTE SHOW 04/01/2024

Videos2 meses atrás

AO VIVO – ESPORTE SHOW 18/12/2023

Videos2 meses atrás

AO VIVO – ESPORTE SHOW 11/12/2023

Videos2 meses atrás

AO VIVO – ESPORTE SHOW 08/12/2023

Videos3 meses atrás

AO VIVO – MAIS JUSTIÇA 01/12/2023

Videos3 meses atrás

AO VIVO – MAIS JUSTIÇA 17/11/2023

Videos10 meses atrás

AO VIVO – MAIS NOTÍCIAS 📻 08/05/2023

Videos10 meses atrás

REPRISE – MAIS JUSTIÇA 05/05/2023

EM ALTA

Fechar Propaganda
Fechar Propaganda