A Medida Provisória (MP) 936, anunciada pelo Governo Federal para amenizar os efeitos da crise do coronavírus. Caso o empregador opte por aderir à proposta, haverá mudanças para jornadas e salários dos empregados. O impacto sobre a renda ainda causa confusão, uma vez que pode ser de 25%, 50%, e 70%, dependendo de quanto o trabalhador ganhe mensalmente.

Para auxiliar nos cálculos, o Núcleo de dados do Sistema Verdes Mares preparou um estudo de impactos em várias faixas salariais, de acordo com as regras da MP.

O levantamento aponta que as faixas salariais menores terão as maiores taxas de reposição de rendimentos mensais. A reposição é baseada em uma porcentagem do seguro-desemprego e será paga pelo Governo Federal.

A redução de salário e jornada de trabalho deverá ser acordada de forma individual entre funcionário e empresa, e não pode durar mais de 3 meses.

Fonte: Diário do Nordeste